quinta-feira, 8 de julho de 2010

Flor no deserto.....Carne para os cães....Ossos para os cimentos....

Esta semana...precisamente na terça-feira fui assistir com uma amiga " Desert Flower" ou " Flor no Deserto", longa que conta a história da modelo Waris Dirie, da Somália, sua trajetória no seu país e quando atravessa o deserto para mudar as areias da sua vida...e no seu discurso ela pergunta " O que significa ser mulher?"...Às vezes eu me pergunta não com as mesmas palavras e no mesmo contexto..o que é ser mulher...nesta sociedade...
Pensando em atrocidades que as mulheres são vitimizadas, assim como toda a sociedade, estou em choque com o que aconteceu com a modelo Elisa...que direitos tem estes homens que pensam que podem fazer o que quiserem com as mulheres?
Não sei se é " modismo", ou os crimes estão acontecendo com as camadas médias e altas da sociedade e por isso constante presença da mídia, divulgando...Fico me questionando quantos crimes poderiam ter sido evitados, se a Justiça ouvisse mais as mulheres vítimas de violências domésticas...
Por que estou falando tudo isso, filme, vida real, ficção, atrocidades....????
É que me questionei quantas mulheres precisaram serem assassinadas para serem ouvidas?Quantas precisaram atravessar desertos para terem focos???? Quantos calos? Quantos silêncios? Quantos nãos?Quantos...???Quantos?????Quantas????
Quantas...??
Quantas derramaram sangue????
Agora já jogam as carnes para os cães e os ossos são acimentados???


2 comentários:

Su! disse...

Bom texto, como sempre!

Até o trailer me emocionou...

Parabéns por mais uma vez mostrar sua sensibilidade...as revoluções começam assim!

Ral disse...

muito bom .... ate peguei o filme ... muito obrigado...