quarta-feira, 1 de abril de 2009

Plano de vôo - Lúcia Helena

Foto: Waldo Lao
Quando eu morrer, todas as cartas,
(quem ainda souber escrevê-las),
devem ir para Saturno. Lá, fazendo footing
nos anéis, finalmente, virarei estrela.

Quando eu morrer, os enlouquecidos e-mails
devem seguir para saturno.livre.lhc,
com site para todos os amigos e amantes...
Você duvida... Mas é assim que vai ser.

Quando eu morrer, todas saudades,
todas as queixas devem ser dirigidas a Saturno,
(E também a lembrança, se ainda restar de mim a tua.
E essa, eu terei, sim, muito prazer em recebê-la.)

Quando eu morrer, meu bem, vou morar em Saturno...
Dizem que lá, hoje, acharam até outra lua...
A passeio, nos anéis, pensarei em ti, ao vê-la.
E é de lá que vou te piscar o meu olhar de estrela.


por Lucia Helena Corrêa, São Paulo, março de 2009.

Um comentário:

Lucia Helena Corrêa? disse...

Obrigada por gostar e divulgar meu trabalho, poeta! LHC, a mulher-sigla