segunda-feira, 20 de abril de 2009

ORIKI PARA ELIZANDRA (MJIBA)

Foto: Waldo Lao

Rosa Zona Sul

Princesa Quilombo Azul

palavra-viga da quebrada

escrita em vida

entre Becos e Vielas

tece poemas na preta pele

porejam versos em nosso olhar


Menina-cantiga

em rima Aqualtune-Dandara

no Sarau da Cooperifa é guerreira majestosa

Nesse terreiro

de poetas

guerrilheiros

sonhadores

traga seu alguidar

cheio de poesia colorida e afiada

para o rubro retrato da periferia revolucionar


OUBÍ INAÊ KIBUKO, Publicado originalmente em Cadernos Negros 29, poemas afro-brasileiros, Edição Quilombhoje, 2006.

## Oubí, lembro de ter agradecido timidamente,mas adoro este poema. Foi uma supresa e uma homenagem muito especial pra mim. Agradecida.Abraços poeticos e perifericos.
Elizandra Souza

Um comentário:

Migh Danae. disse...

Cada dia mais bonito isso aqui...