segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Um poema de presente....



Mais uma vez me sinto bem em publicar em Cadernos Negros, acredito na proposta...e segue um poema de presente para os que não adquiriram o livro. E caso queira,me procurem apenas R$ 20,00.

Cadência Sagrada
Dedicado a Capulanas Cia de Arte Negra
Mulher se curvando para o tambor
Bálsamo curando as feridas do andor
Fruta abrindo-se ao amanhecer
Cortando o vento com as facas do sobreviver

Mulher se curvando para o tambor
Gargalhando da vida sem a fraqueza do riso
Mascarada ela entoa suas cantigas
Escondendo e mostrando as pernas

Mulher se curvando para o tambor
Banhando-se pelas marés
Dançando e se encontrando
Se perdendo e se ganhando
Nos chamados dos corpos eternos

Mulher que só se curva para o tambor
Trançando com os pés o futuro
Desenhando no infinito seu próprio caminho
Rabiscando sem rascunho no ar
Seus braços um grande pelicano a voar...

2 comentários:

Su! disse...

Que lindo... Você é uma fonte inesgotável de poesias, lembro de quando te conheci... Te perguntei de onde saía tanta coisa linda, e percebi a pessoa maravilhosa que você é!

Sil Kaiala disse...

Olá, sou de Salvador e quero muito esse caderno. Como faço para tê-lo?
PS: Parabéns pelo belo recital que fez aqui.
bjussssssssssss